O que é Constelação Familiar

– Entenda o que é Constelação Familiar –

Todos nós possuímos problemas, características e cargas emocionais que nem sempre sabemos qual a sua origem ou o motivo que faz nos sentir assim. Acontece que, muitas vezes sem saber, essas nossas dificuldades são resultadas a partir de nossos sistemas familiares e é isso que a Constelação Familiar estuda. Criada pelo psicoterapeuta alemão Bert Hellinger, a Constelação Familiar é um método psicoterapêutico que estuda os padrões de comportamento de grupos familiares através de suas gerações. Bert se deparou com esse fenômeno nos anos 70 após observar os estudos de Virginia Satir, psicoterapeuta americana, que analisava as esculturas familiares.

De acordo com Satir, quando uma pessoa “estranha” é convocada para representar uma família ou uma pessoa de grupo familiar, mesmo que não a conheça, acaba reproduzindo sintomas físicos e comportamentos similares desse grupo ou pessoa sem necessariamente saber algo a respeito dela. Na prática, a Constelação Familiar mostra que muitos de nossos problemas, doenças, incompreensões e sentimentos ruins podem estar ligados a outros familiares que passaram por essas mesmas adversidades, mesmo que não tenhamos conhecido os mesmos. Esse método explica que há uma repetição de comportamentos de acordo com gerações, mesmo que de uma maneira inconsciente. Hellinger propôs que há uma “consciência de clã” em todos nós que é norteado por simples “ordens arcaicas” ou “ordens do amor”, que referem-se a três princípios norteadores:

  • 1 – a necessidade de pertencer ao grupo ou clã
  • 2 – a necessidade de equilíbrio entre o dar e o receber nos relacionamentos
  • 3 – a necessidade de hierarquia dentro do grupo ou clã

Essas “ordens” atuam tanto em nossos relacionamentos familiares como os íntimos e amorosos e a conexão harmoniosa com essas ordens não dão uma sensação de paz e nos faz sentir acolhidos e pertencentes a um grupo. 

Como funciona a Constelação Familiar na prática?

Quando um cliente resolve estudar esse método, ele apresenta um tema que será trabalhado para seu terapeuta. Com isso, o profissional irá solicitar informações sobre os membros de sua família que passaram por experiências fortes como graves doenças, assassinatos, mortes precoces, problemas de relacionamentos, além do número de irmãos, casamentos anteriores e etc.

Com essas informações na mão, o terapeuta pede que o cliente escolha membros da família que, de acordo com ele, representam todo o grupo ou a ele mesmo, e a partir daí esse profissional relaciona as vivências desses membros com o de seu cliente, além das relações dos mesmos dentro das “ordens do amor” e as conexões com o sistema familiar. Com isso, ele e o cliente encontrarão uma solução para que os representantes encontrem um lugar em que se sintam bem, confortáveis e incluídos dentro do grupo familiar.

Onde esse método é aplicado?

Tendo em mente como que esse método funciona e os benefícios que aparecem com o estudo dos comportamentos de nossa família, isso nos ajuda com a melhoria das relações familiares, relações no ambiente educacional e consequentemente melhorias das relações interpessoais nas empresas, uma vez que ao entender características de nossas famílias estaremos aptos para entender a nós mesmos e como resolver problemas pessoais.

E você, conhece este método terapêutico? Use o espaço abaixo para nos contar a sua experiência e opinião sobre a Constelação Familiar. Se este conteúdo te ajudou de forma positiva, curta e compartilhe em suas redes sociais. 

Quer Constelar o seu tema?

Venha constelar e ou participar da nossas constelações, clique AQUI e saiba quando e como!

Copyright: Rawpixel.com 393605623 https://www.shutterstock.com/pt/g/Rawpixel.com