Medicina conservadora no tratamento da hérnia de disco

Série: Conheça as aplicações dos cuidados para saúde e bem-estar oferecidos no Espaço Júlio Zorzetto

Foto: Thaís Ferrari

A área da medicina avança quase que diariamente, inclusive no que diz respeito aos métodos conservador es utilizados nos mais variados tratamentos. Esse é o caso da Quiropraxia, um dos recursos terapêuticos manuais oferecidos no espaço JZPT, que apresenta muitos benefícios na promoção da saúde física, até mesmo na reabilitação nos casos de hérnia de disco. Relembrando a técnica, é responsável pelo diagnóstico, tratamento e prevenção das desordens do sistema neuro-músculo-esquelético. Também lida com os efeitos dessas desordens na saúde, de forma integral.

Foto: Thaís Ferrari

Mas primeiro, o que é hérnia de disco?

De maneira simplificada, pode se dizer que a hérnia de disco é uma consequência do mau uso da coluna. Sua maior incidência ocorre entre 20 a 45 anos, já que é um período ativo da vida, e normalmente as disfunções surgem silenciosamente. Existem três classificações, dependendo da região da coluna que é atingida, sendo a hérnia de disco cervical, que afeta a região do pescoço, a hérnia de disco torácica, que afeta a região do meio das costas, e a hérnia de disco lombar, que afeta a região mais baixa das costas.

Reprodução

Para exemplificar, entre uma vértebra e outra existe um conjunto de estruturas sendo anel fibroso e o núcleo pulposo (gelatinoso), que é chamada de disco. Dentro dessa estrutura há um líquido, e dependendo das ações, como usar salto alto,  ter uma má postura, permanecer muito tempo em uma determinada posição, por exemplo, pelo uso excessivo de smartphones e tablets, levantar pesos incorretamente, podem fazer com que ele migre para as extremidades, resultando na hérnia de disco.

Reprodução

Todo esse cenário gera dor local ou irradiada, e em cada estágio da hérnia – protusa (mais comum), extrusa e sequestrada, a dor se irradia  para os braços, para as pernas, para o pescoço, além de ocorrer a sensação de formigamento, de queimação, de dormência. Como cada caso é um caso, o tratamento pode ser feito com medicamentos, fisioterapia, procedimento cirúrgico e técnicas conservadora. Com a Quiropraxia, vai de encontro à diminuição da dor, promovendo alívio e mobilidade articular ao paciente. E ainda proporciona alinhamento e equilíbrio do corpo, pois devolve a função normal à articulação, tirando a compressão sobre o nervo, causada pela hérnia.

Por fim, é importante ressaltar que a medicina preventiva é a melhor opção para todos os indivíduos, porque quando as estruturas funcionam corretamente, todo o resto se alinha. Isso pode ser estimulado na prática de exercícios físicos, como o Pilates. Outros serviços oferecidos pelo espaço Júlio Zorzetto Pilates e Terapias podem ser conferidos aqui no blog, na página do Facebook (https://bit.ly/2DBzEk5) e no Instagram @juliofisiomasso (https://bit.ly/2RTkHNs).

Deixe um comentário